João Filipe Jesus
Licenciatura em Economia (Ref 87)/1991-1996
Vivemos num mundo globalizado, competitivo, onde cada player tem a sua missão e os seus objectivos.
Cargo à data do testemunho:

Diretor Regional de Economia do Alentejo

 

Estudar na Universidade de Évora:

Foram cinco anos riquíssimos do ponto de vista do crescimento humano e académico. Se a minha vida poderia ter sido a mesmo coisa se não tivesse passado pela Universidade de Évora? Poder podia, mas não teria sido certamente a mesma coisa. Guardo sobretudo gratas recordações do espírito de entreajuda e de companheirismo enquanto pilares do edifício da convivência académica. Vivemos num mundo globalizado, competitivo, onde cada player tem a sua missão e os seus objectivos. O mercado de trabalho actual é competitivo e as adversidades conjunturais que enfrentamos fazem com que tenhamos que investir continuamente em formação, conciliando o propósito do enriquecimento científico com a formação de uma networking sólida e duradoura. Para mim, a Universidade de Évora deu-me o melhor desses dois mundos.

Impacto na vida profissional:

Encarei sempre o trabalho e a dedicação à causa profissional como um instrumento de auto-realização humana, fortemente indexado à estabilidade emocional, tão necessária para lidar com episódios de maior adversidade. Vimos num contexto delicado, à escala mundial, sobretudo visível após a crise do housing market despoletada no Verão de 2007 e que ainda hoje apresenta sintomas de difícil tratamento, num quadro em que muitos Governos, por esse mundo fora, empregaram tratamentos paliativos em detrimento de reformas profundas e ambiciosas. Todavia, as crises são também momentos geradores de oportunidades, quando temos a capacidade e o engenho de arbitrar de forma esclarecida as variáveis que os mercados nos oferecem. Por isso acredito que se formos suficientemente argutos, corajosos e determinados, conseguiremos sair de forma airosa dos momentos mais turbulentos e encarar com redobrada musculatura os tempos vindouros.

Mensagem aos atuais alunos:

Apenas no dicionário Sucesso vem antes do Trabalho!
Pior que errar é não aprender com os próprios erros. Ao longo da minha vida tenho tentado manter a necessária presença de espírito para com perseverança e objectividade, pautar o meu caminho em obediência a este princípio.

 

 

 

Dt. Testemunho: 14.01.2014